Manaus, Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020

Ações de defesa agropecuária serão reforçadas em cinco municípios do Amazonas

08:44 - 14/07/2020

As ações de defesa agropecuária serão reforçadas nos municípios de Itamarati, Borba, Japurá, Santo Antônio do Içá e Jutaí com a integração dos novos técnicos de fiscalização ao quadro efetivo da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf). Estes servidores foram aprovados via concurso público e inicialmente, atuarão nos escritórios do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal do Estado do Amazonas (Idam).

Atualmente, a Adaf conta com 50 escritórios, presentes em 45 municípios. Para o diretor-presidente da Agência, Alexandre Araújo, os dois órgãos, que compõem o Sistema Sepror, consolidam uma parceria já existente, oportunizando a ampliação dos serviços relacionados à proteção da saúde animal, a sanidades dos vegetais e à prestação de serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) aos agricultores familiares e produtores rurais do estado.

“Nossos novos servidores irão iniciar as ações de fiscalização relativas à defesa agropecuária. Agradecemos a parceria ao Idam e ressaltamos que a integração dos dois órgãos unem esforços e otimizam recursos para melhor atender o produtor rural”, destacou o diretor-presidente da Adaf.

O diretor-presidente do Idam, Valdenor Pontes Cardoso, deu as boas-vindas aos novos profissionais. “O Idam estará sempre à disposição dos novos técnicos que chegam para somar às atividades de fiscalização e Assistência Técnica e Extensão Rural. É muito importante conhecer a realidade da zona rural e identificar as situações sanitárias e de manejo para que seja possível utilizar o conhecimento de vocês em uma causa de todos”, pontuou.

Parceria – O técnico de fiscalização agropecuária, empossado nesta segunda-feira (13/07), na terceira turma de convocados do concurso da Adaf, Stefano Samuel Bernardo Costa, destaca a importância da parceria entre a Adaf e o Idam.

“O principal fator é a interação dos dois órgãos, levando mais conhecimento tanto para um quanto para o outro e, também, para o próprio produtor. A Adaf tem o papel de fiscalização, mas nada impede de ajudar o produtor a educá-lo a fazer a coisa certa, sem atos punitivos. Junto com o Idam, estaremos orientando o produtor rural e essa parceria é de extrema importância”, comentou o servidor, que atuará no município de Santo Antônio do Içá (distante 878 quilômetros de Manaus).

 

Fotos: Divulgação/IDAM