Manaus, Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020

Ações do Sistema Sepror beneficiam produtores de Manacapuru

15:50 - 26/08/2020

A Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), através da Secretaria Executiva de Pesca e Aquicultura (Sepa), realizou nesta quarta-feira (26), no município de Manacapuru (distante 103 quilômetros da capital), a entrega de 18 kits de análise de água para piscicultura. Os kits são insumos para os piscicultores que possuem o Cadastro da Piscicultura ou Licença de Operação, expedida pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), e foram selecionados para a realização do acompanhamento da qualidade da água durante todo o processo de produção de pescado.

Para o secretário da pasta, Petrucio Magalhães Júnior, atividades como esta são o ponto de partida para o desenvolvimento do setor. “Precisamos complementar a economia do estado com outras atividades e o interior precisa desenvolver, gerar empregos. Vamos não apenas dar os kits, vamos entregar e ensinar como usá-los de forma correta para que possam dar o resultado esperado”, afirmou.

Os kits foram adquiridos com recursos do Sistema Sepror, oriundos do Edital de Chamada Pública nº 003/2020, e servirão para as análises periódicas da água, considerando diversos fatores, entre os quais, Nitrogênio, Nitrito, Transparência, Alcalinidade Total, Dureza e Temperatura. Cada kit tem a validade de um ano. Podem ser feitas até 100 análises.

O secretário executivo da Sepa, Leocy Cutrim, destaca a importância que o kit tem em uma produção de aquicultura.”A água é o habitat do peixe, os kits servem para monitorar a qualidade desta água. Este monitoramento interfere diretamente na qualidade do pescado, tornando a piscicultura mais profissional, que é o objetivo do programa Pró-Piscicultura”, enfatizou.

Febre Aftosa– No município de Manacapuru, a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) realizou também a vacinação assistida de bovídeos. A ação faz parte da segunda etapa da campanha Amazonas sem Febre Aftosa. Nessa etapa da campanha, foram vacinados os animais com idades até 24 meses. Mas os produtores que não têm animais nessa faixa etária, precisam ir ao escritório da Adaf fazer a atualização do rebanho.

A campanha ocorre até o dia 15 de setembro, em 41 municípios pertencentes às calhas dos rios Amazonas e Solimões. “Estamos intensificando as ações nos 41 municípios. Manacapuru se destacou na primeira etapa, com o índice de 99,4%. A nossa meta é vacinar todo o rebanho nos municípios que estão em campanha”, comentou o diretor-presidente da Adaf, Alexandre Araújo.

Ao todo, 15.264 animais foram imunizados contra a febre aftosa na primeira etapa da campanha, em Manacapuru.

Cartões do Produtor– O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) entregou, nesta quarta-feira (26/08), em ação conjunta do Sistema Sepror, 95 Cartões do Produtor Primário (CAR) e também o Cadastro Nacional da Agricultura Familiar (CAF). Os documentos são importantes e necessários para os agricultores familiares acessarem políticas públicas disponíveis para o setor primário.