Manaus, Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018

Adaf apreende 217 quilos de carne clandestina em Parintins

13:54 - 14/05/2018

Com o objetivo de coibir o abate clandestino de animais e a comercialização de produtos impróprios ao consumo humano, a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), órgão integrante da Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), em parceria com a Vigilância Sanitária Municipal de Parintins (VSM), apreendeu no último sábado (12/05), 217 quilos de carne clandestina, em um açougue da região de Parintins, que em valor comercial estimava-se aproximadamente R$ 1.500.

De acordo com os fiscais da Adaf e da vigilância sanitária,  a carne que estava sendo processada no esbelecimento, não possuía inspeção e nenhuma condição sanitária para a comercialização do produto à população do município. Além disso, a carne apreendida poderia causar riscos para a saúde pública pelo consumo, entre as doenças, a tuberculose, brucelose, salmonelose que são Doenças Transmissíveis por Alimentos (DTA’s).

Lei Estadual – A Adaf desempenha o serviço assegurada pela Lei N°.4.223 de 8 de outubro de 2015, que dispõe sobre a Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos Animais no Estado do Amazonas. Esta lei regula a obrigatoriedade da inspeção e a fiscalização sanitária de produtos de origem animal, comestíveis e não comestíveis, adicionados ou não de produto vegetal, preparados, transformados, manipulados, recebidos, acondicionados, depositados ou em trânsito no território do Estado.