Manaus, Terça-Feira, 23 de Abril de 2024

Adaf apreende carregamento irregular de frutas no Porto de Parintins

15:14 - 03/04/2024

 

Carga oriunda do Pará estava sem documentação, representando risco de disseminação de pragas no Amazonas

 

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf) apreendeu na manhã desta quarta-feira (03/04) aproximadamente 6,4 toneladas de limões, mangas, tomates e goiabas oriundas do Estado do Pará em uma embarcação no Porto de Parintins (distante 369 quilômetros de Manaus). A equipe da Adaf foi alertada pela fiscalização da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) que a carga estava a caminho de Parintins sem documentação necessária para o transporte de vegetais e fez a apreensão com apoio da Marinha do Brasil.


O gerente de Defesa Vegetal da Adaf, Sivandro Campos, ressalta que o transporte de vegetais precisa ser acompanhado da Permissão de Trânsito de Vegetais (PTV), que é a garantia de sanidade fitossanitária. Sem esse documento, não é possível permitir o ingresso da carga pois colocaria em risco nossa própria fruticultura.

 

A fiscal agropecuária e engenheira agrônoma da Adaf, Valéria Ferreira, ressaltou que é dever da autarquia prevenir a introdução de pragas no Estado. “O Amazonas é livre de cancro cítrico e mosca-da-carambola”. A gente previne a entrada delas exigindo essa documentação de trânsito. Por isso, em casos como esse, a carga deve ser apreendida e destruída, com base no princípio da precaução”.

 


Todas as cargas irregulares apreendidas foram destinadas para destruição no aterro sanitário de Parintins sob acompanhamento de agentes da Adaf, evitando-se que, em caso de possível presença dessas pragas, elas fossem disseminadas para todo Estado do Amazonas e outras unidades da Federação.