Manaus, Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020

Adaf certifica primeira unidade para beneficiamento de produtos defumados

14:14 - 09/12/2019

Produtos embutidos e defumados com as raízes e a tradição gaúcha serão comercializados no Amazonas. A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), certificou com o Serviço de Inspeção Estadual (SIE), a Unidade de Beneficiamento de Carne e Produtos Cárneos, J.A Indústria e Comércio de Produtos Alimentícios, localizada, na avenida do Turismo, no bairro Tarumã, zona oeste da capital.

Segundo João Alencar Fernandes, gaúcho que vive há mais de 20 anos no Amazonas, a obra da unidade de beneficiamento está finalizada e os trabalhos serão iniciados. Fernandes, além da indústria de produtos cárneos, também executa atividades de minhocultura em sua propriedade rural. As minhocas são criadas, comercializadas e utilizadas como iscas por pescadores.

“Arrumaremos um emprego para três ou quatro pessoas, talvez cinco. Mas é um pequeno empreendimento, é um hobby que eu tenho lá fora há muito tempo. É como a criação das minhocas, e agora temos uma indústria de produtos cárneos. E eu gosto de produzir salames, produtos coloniais, tipo queijo de porco e mortadela defumada, pois aqui ninguém fabrica, e temos muitos gaúchos em Manaus”, destacou Fernandes.

Sobre a unidade – A unidade da J.A Indústria e Comércio tem como finalidade produzir, fabricar e comercializar embutidos e produtos cárneos, levando em consideração os critérios relacionados às Boas Práticas de Fabricação de Alimentos (BPFA). Sua capacidade diária de produção será de 300 quilos de produtos. Linguiça tipo calabresa, afiambrado, mortadela, picadinho, presunto e salame colonial serão os produtos produzidos e comercializados.

O diretor-presidente da Adaf, Alexandre Aráujo, expressa a satisfação do Governo do Amazonas em certificar o 24º empreendimento durante este ano, que funcionará adequadamente dentro dos padrões higiênico-sanitários sob o serviço de inspeção estadual e federal e que, a partir desses pequenos empreendimentos, a economia do estado vem se fortalecendo.

“Ficamos satisfeitos pelo seu Fernandes acreditar e empreender no Amazonas. Para o Governo do Estado, um empreendimento como esse é muito importante, porque além dos empregos que serão gerados, vai gerar renda não só para sua família, mas para o estado, e a importância que ele tem para Adaf com a certificação do SIE. Isso além da fiscalização que será realizada pela equipe da Adaf, que irá acompanhar todo o processo de industrialização e beneficiamento, para que esse produto chegue de forma segura ao consumidor, evitando danos à saúde pública”, comentou Alexandre.