Manaus, Sábado, 28 de Maio de 2022

Adaf cria Núcleo de Educação Sanitária para promover sanidade do rebanho e qualidade dos produtos agropecuários

15:19 - 17/03/2022

Grupo de servidores da autarquia vai atuar na popularização das informações sobre o setor agropecuário no Amazonas.

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) criou, por meio da Portaria nº 045/2022, um Núcleo de Educação Sanitária (NESan) com o objetivo de promover, através da educação sanitária e ambiental, a sanidade dos rebanhos, inocuidade e qualidade dos produtos agropecuários brasileiros e de seus derivados e ainda a saúde humana e ambiental. A criação do NESan foi publicada, na última segunda-feira (14/03), no Diário Oficial do Estado do Amazonas (DOE-AM) e é uma das diretrizes do Programa Nacional de Educação Sanitária em Defesa Agropecuária, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Conforme a Lei nº 3.801, de 29 de agosto de 2012, que dispõe sobre a criação da Adaf, a educação sanitária é uma das atribuições da autarquia. Considerada de vital importância frente às questões de interesse da defesa agropecuária, a educação sanitária e ambiental realizada de maneira efetiva é capaz de gerar nos produtores rurais, consumidores e comerciantes um senso de cidadania coletivo que oportuniza salvaguardar a sanidade dos rebanhos, plantações e a qualidade dos produtos, subprodutos e insumos agropecuários.

Composto por quatro coordenadores das Gerências de Defesa Animal (GDA), de Agrotóxicos e Insumos Veterinários (Gaiv), de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Gipoa) e um representante da Assessoria de Comunicação (Asscom) da Adaf, o Núcleo de Educação Sanitária da Adaf tem como missão prevenir doenças de animais e de vegetais e, consequentemente, melhorar a vida dos amazonenses, a qualidade da saúde pública e a conservação do meio ambiente.

Para o diretor-presidente da Adaf, Alexandre Araújo, a criação de um núcleo comprometido em educar a população sobre a importância do cumprimento das normas referentes à defesa agropecuária e florestal é mais uma conquista para a autarquia.

“A Adaf, ao longo de quase dez anos de existência, não tem medido esforços para garantir, por meio da defesa agropecuária e florestal, a sanidade dos rebanhos e a qualidade dos alimentos que vão diariamente para a mesa do consumidor. Orientar produtores e todos os atores que integram o setor primário é certamente uma das nossas principais metas”, destacou o gestor.

Representante do NESan, médica veterinária e coordenadora de educação sanitária da GDA, Paula Araújo, afirma que “a criação do NESan vai fortalecer nossas ações, padronizando processos internos e integrando atividades para beneficiar produtores e consumidores com um olhar mais abrangente, colocando em prática o conceito de saúde única, que cuida da saúde animal, vegetal, humana e ambiental”, destacou.

FOTOS: Divulgação/Adaf