Manaus, Sábado, 04 de Dezembro de 2021

Adaf destaca atuação do Amazonas no Programa Nacional de Vigilância para Febre Aftosa, em webinário sobre pecuária

17:01 - 10/11/2021

A autarquia destacou a condição do estado de livre de febre aftosa sem vacinação em 13 municípios

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) participou, nesta quarta-feira (10/11), do ‘Painel Governança e Boas Práticas’ que integrou a programação do ‘Webinário Práticas Sustentáveis na Pecuária e o Desenvolvimento do Amazonas’ promovido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), na sede da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam).

O fiscal agropecuário e médico veterinário Willian Bressan representou a autarquia durante o evento, que aconteceu em formato híbrido (virtual e presencial). Bressan destacou a atuação da Adaf na execução do Programa Nacional de Vigilância para Febre Aftosa (Pnefa), no Amazonas, que permitiu o status de região livre de febre aftosa sem vacinação em 13 municípios amazonenses.  

“Esse programa tanto vem evoluindo, que em alguns municípios localizados no sul e sudoeste do estado já houve a retirada da vacinação contra a Aftosa. Conquista que tem permitido à Adaf se dedicar a outros programas sanitários, igualmente necessários, como o de controle e erradicação da brucelose e tuberculose, o de sanidade avícola e suína. O que permite o controle e detecção de doenças e zoonose”, destacou o especialista. 

Bressan chamou a atenção também para a futura expansão do projeto-piloto que, no ano passado, incluiu de forma experimental o código de barras da nota fiscal eletrônica, referente à venda de animais na Guia de Trânsito Animal (GTA). Iniciativa adotada para prevenir fraudes e já em funcionamento nas Unidades Locais Veterinárias de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsav) de Boca do Acre e Sena Madureira. 

Conteúdo – O ‘Webinário Práticas Sustentáveis na Pecuária e o Desenvolvimento do Amazonas’ contou com a participação de órgãos estaduais, municipais e federais, assim como de representantes de entidades parceiras. A proposta do evento é fomentar possíveis propostas para um plano de governo. Uma pecuária mais sustentável, a importância dos indicadores ligados ao setor e de soluções para melhorar a cadeia produtiva, privilegiando o meio ambiente estiveram entre os pontos abordados, nos dois dias de evento.