Manaus, Terça-Feira, 27 de Outubro de 2020

Adaf empossa aprovados em concurso público

14:58 - 03/07/2020

Inicialmente, 52 candidatos foram empossados; ao todo, 134 aprovados tomarão posse ainda em julho

 

O Governo do Amazonas, por meio da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), empossou 52 aprovados no concurso público da Agência nesta sexta-feira (03/07). Ao todo, 134 nomeados serão empossados para assumirem cargos no quadro efetivo da Adaf. Na próxima quarta-feira (08/07) e no dia 13 de julho, os demais candidatos tomarão posse de seus cargos.

Os nomeados por meio do decreto governamental assinado por Wilson Lima em março assumirão cargos para fiscais agropecuários nas especialidades de médicos veterinários e engenheiros agrônomos. Engenheiro florestal, contador, analista de rede, administrador e jornalista também farão parte do quadro efetivo da Agência. No nível médio/técnico, os cargos são de técnico de fiscalização agropecuária, agente de fiscalização agropecuária e assistente técnico. Para o nível fundamental, os cargos contemplam auxiliares de fiscalização agropecuária, motoristas fluviais e terrestres.

Para o diretor-presidente da Adaf, Alexandre Araújo, a posse dos novos servidores da agência representa o fortalecimento do quadro técnico das Unidades Locais de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsavs) da Adaf no interior e a ampliação da oferta dos serviços da Agência aos produtores rurais.

“Em março deste ano, o governador Wilson Lima nomeou esse grupo de profissionais, que estarão fortalecendo os trabalhos da defesa agropecuária do Amazonas. Eles serão lotados nas nossas unidades do interior do estado, fortalecendo cada Unidade Local de Sanidade e Vegetal, para levar ao nosso produtor rural a valorização dos produtos regionais e, principalmente, um maior apoio à produção agropecuária do nosso estado. Os novos servidores da Adaf estarão atuando na promoção da saúde animal e vegetal, na inspeção de produtos agropecuários, no cadastro de revenda de agrotóxicos e fiscalização de agrotóxicos, fazendo com que esse nosso serviço seja fortalecido, principalmente referente à certificação sanitária dos produtos agropecuários”, destacou Araújo.

Os aprovados no concurso público atuarão em 40 municípios distribuídos entre a central da Adaf em Manaus, as Ulsavs no interior e nas Barreiras de Vigilância Agropecuária (BVAs). O técnico de fiscalização agropecuária e representante dos aprovados, Ideus Costa Nunes, destacou a alegria em fazer parte do quadro da agência e contribuir com a defesa agropecuária e florestal do Amazonas.

“Estamos com o sentimento de agradecimento e também de compromisso com o Amazonas, com o governador Wilson Lima também, que nos deu essa oportunidade nesse momento tão difícil, mas que o governador cumpriu com o seu acordo e nos convocou. Estamos prontos e com esse sentimento de agradecimento com todos aqueles que contribuíram para o nosso chamamento”, afirmou o aprovado.

Municípios – Os aprovados serão lotados nos municípios de Canutama, Lábrea, Apuí, Manicoré, Novo Aripuanã, Autazes, Barreirinha, Codajás, Itacoatiara, Urucará, Urucurituba, Urucará, Amaturá, Anamã, Boca do Acre, Borba, Envira, Ipixuna, Itamarati, Japurá, Juruá, Jutaí, Nhamundá, Pauini, Santo Antônio do Içá, São Paulo de Olivença, São Sebastião do Uatumã, Tabatinga, Tefé, Manaus, Humaitá, Parintins, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Careiro Castanho, Coari, Eirunepé, Fonte Boa, Guajará, Nova Olinda do Norte e Manacapuru.

FOTOS: Arthur Castro/Secom