Manaus, Segunda-Feira, 27 de Maio de 2024

Adaf fala sobre praga Monilíase durante evento com lideranças indígenas

13:51 - 18/04/2023

Autarquia utiliza materiais traduzidos para línguas indígenas para prevenir e combater a praga

O engenheiro agrônomo da Agência de Defesa Agropecuaria e Florestal do Estado do Amazonas, Acássio Eugenio, participou nesta terça-feira (18/04), do segundo dia de atividades da Primeira Conferência Estadual das Organizações e Povos Indígenas do Amazonas, realizada no Centro Cultural Povos da Amazônia.

Durante a atividade, que segue até amanhã (19/04), e tem como tema “Um só povo e uma só Voz”, em alusão ao mês dos povos indígenas, Acássio repassou às lideranças presentes, informações sobre a praga quarentenária Monilíase. A doença, que já foi detectada em dois municípios do Amazonas: Benjamin Constant e Tabatinga, tem como hospedeiros frutos dos gêneros Theobroma e Herrania, em especial cacau e cupuaçu.

Comprometida em expandir os conhecimentos acerca da praga, auxiliando na prevenção e detecção de novos focos, a Adaf vem desenvolvendo um trabalho de educação sanitária voltado às comunidades indígenas, baseado na tradução de materiais orientativos para línguas indígenas. Até o momento, traduções já foram realizadas para as línguas Tikuna e Baniwa.


Os trabalhos de tradução têm se tornado uma realidade por meio da atuação de servidores da Adaf que pertencem às etnias e de voluntários.