Manaus, Sábado, 13 de Abril de 2024

Adaf interdita abatedouro clandestino de aves na zona norte

12:23 - 28/04/2023

Cerca de 90 frangos foram descartados no aterro sanitário

 

Fiscais da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) interditaram um abatedouro clandestino de aves, no bairro Novo Israel, zona norte de Manaus. A operação foi realizada em parceria com a Delegacia do Consumidor (Decon). O local mantinha aproximadamente 200 galinhas sem nenhum cuidado sanitário, em condições completamente insalubres. Os animais já abatidos, cerca de 90 frangos, foram descartados no aterro sanitário por estarem impróprios para o consumo, o restante foi apreendido.

O local foi interditado e o proprietário autuado. A fiscal agropecuária médica veterinária Gisele Torres ressalta que as galinhas apresentavam sinais de maus tratos. “Além de operar totalmente na clandestinidade, oferecendo perigo à saúde pública, o estabelecimento despejava os resíduos em um igarapé, contaminando o curso d’água”, disse.

O diretor-presidente da Adaf, José Omena, destaca que a agência está sempre a postos para atuar em ações que zelam pela saúde pública e pela segurança alimentar da população. “Nosso papel é garantir a inocuidade dos produtos de origem animal que chegam à mesa dos amazonenses. Estamos em uma cruzada contra a clandestinidade”, afirmou.

Além de colocar em risco a saúde pública, Omena alerta que os clandestinos oferecem concorrência ilegal com os estabelecimentos que cumprem a lei, têm compromisso com a qualidade dos produtos e precisam seguir as normas sanitárias e de biossegurança.

Denúncias

Denúncias sobre este tipo de irregularidade podem ser feitas à Adaf pelo número (92) 9938-09174 ou pelo e-mail ouvidoria@adaf.am.gov.br.