Manaus, Sexta-Feira, 01 de Julho de 2022

Adaf orienta sobre vacinação, trânsito animal e uso correto de agrotóxicos em Presidente Figueiredo

16:56 - 25/05/2022

As palestras, orientações técnicas e troca de experiências aconteceram na Fazenda Agroindustrial São José

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) participou, nesta quarta-feira (25/05), do 1º Dia de Campo – do pasto à mesa, promovido pela Secretaria Municipal de Abastecimento e Desenvolvimento Agrícola, Aquícola e Pesqueiro (Semada), no município de Presidente Figueiredo (distante 117 quilômetros de Manaus).

Durante a atividade, os servidores da Adaf que atuam no município abordaram a importância da vacinação do rebanho, da emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA) e da comercialização e uso correto de agrotóxicos.

As palestras, orientações técnicas e troca de experiências aconteceram na Fazenda Agroindustrial São José, localizada no quilômetro 45 da rodovia AM-240, que liga a sede do município de Presidente Figueiredo à Vila de Balbina.

Responsável por preservar o patrimônio animal e vegetal do Amazonas e contribuir para o incremento sustentável da produção agropecuária e o resguardo da saúde pública, a Adaf ressaltou junto aos presentes a importância de os produtores garantirem a vacinação de bovinos e bubalinos contra a febre aftosa. A primeira etapa da campanha Amazonas Livre de Febre Aftosa segue até o dia 30 deste mês e tem a expectativa de imunizar 530 mil animais.

À frente também da fiscalização do trânsito de animais, a autarquia também destacou durante o encontro a obrigatoriedade da emissão de Guia de Trânsito Animal (GTA), documento oficial, de emissão obrigatória tanto para o trânsito intraestadual como interestadual de animais independente da finalidade. O documento permite que a Adaf acompanhe a movimentação de animais, evitando assim a introdução de doenças que possam pôr em risco a população.

Os servidores da Unidade Local de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsav) da Adaf, em Presidente Figueiredo, também deram orientações sobre a comercialização e o uso correto de agrotóxicos durante o evento.

O diretor-presidente da Adaf, Alexandre Araújo, que prestigiou o evento destacou a importância de iniciativas do tipo para garantir que as boas práticas preconizadas pela legislação cheguem ao conhecimento dos produtores e agricultores de forma didática.

“O papel da Adaf está além da fiscalização. Como entidade responsável por desempenhar a defesa agropecuária e florestal no Amazonas, temos a responsabilidade de orientar nossos produtores”, destacou.