Manaus, Segunda-Feira, 04 de Março de 2024

Adaf palestra durante o 1º Encontro de Educação Sanitária: Educar para prevenir

16:45 - 27/04/2023

 

A capacitação é promovida pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), entre os dias 3 e 5 de maio

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) promoverá, na próxima quinta-feira (5/05), em Brasília (DF), uma palestra sobre a experiência do Amazonas na aplicação do livro “Diálogos para prevenção da praga fusariose da bananeira – Raça 4 Tropical”. A atividade faz parte da programação do “1º Encontro de Educação Sanitária: Educar para prevenir”, promovido pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa).


Com a participação de diversas entidades, o encontro de capacitação é voltado a servidores públicos do Mapa, de países da América Latina, de órgãos estaduais de defesa agropecuária, de instituições de ensino e pesquisa, de outros Ministérios, como da Saúde, da Educação, do Meio Ambiente, a representantes do setor produtivo e da sociedade, dos consumidores, representantes dos conselhos de classe, dentre outros.


O engenheiro agrônomo da Gerência de Defesa Vegetal (GDV) da Adaf, e membro do Núcleo de Educação Sanitária (NEsan), Acássio Eugênio, será o palestrante da Agência de Defesa. Os interessados em participar do evento podem se inscrever até às 18h do dia 3 de maio, por meio do endereço eletrônico. 

Raça 4 Tropical da Fusariose da bananeira (Fusarium oxysporum f.sp. cubense raça 4 tropical – Foc R4T)
Considerada uma das doenças mais destrutivas da bananeira no mundo, a Raça 4 Tropical da Fusariose da Bananeira representa um perigo para toda a cadeia produtiva da banana devido à ineficiência de medidas de controle e da ausência de variedades resistentes à doença, que afeta, principalmente, as variedades do tipo Nanica e Terra, além da bananeira Prata e Maçã.


A praga quarentenária ainda é ausente no Brasil, mas já está presente na Colômbia e Peru o que aumenta o risco de ingresso da doença no país. Dificuldade de remoção do fungo do solo, depois da sua contaminação, pode inviabilizar seu uso para outros cultivos, tornando-se um dos grandes desafios da defesa agropecuária para impedir o ingresso da praga no território nacional.

Confira abaixo a programação completa:

Programação I Encontro de Educação Sanitária – educar para prevenir- AVA ENAGRO