Manaus, Quarta-Feira, 30 de Novembro de 2022

Adaf participa, no período de 29 a 3 de setembro, do I Workshop e da I Feira de Agronegócios da Nilton Lins

12:10 - 31/08/2017

O serviço de defesa sanitária, inspeção e trânsito animal do Amazonas foram temas abordados no I Workshop e da I Feira de Agronegócio realizados pela Universidade Nilton Lins nesta terça-feira, 29. O gerente de inspeção de produto de origem animal da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf), Haruó Takatani explanou a importância do serviço de defesa sanitário no estado do Amazonas, no sentido de resguardar o patrimônio animal e vegetal dos produtores rurais do Estado, através da proteção da saúde dos animais e a sanidade dos vegetais.

Segundo ele, é relevante informar os alunos e profissionais da área para conhecerem como funciona o serviço de defesa sanitária da Adaf no Estado. “É importante informar a todos sobre a parte de defesa de sanidade animal no Amazonas, justamente com relação do trânsito animais, dentro do Amazonas e para outras regiões. O objetivo da defesa sanitária é  controlar e erradicar  doenças que existem no Estado e ao mesmo tempo prevenir e evitar doenças de outras regiões”, destacou.

A Guia de Trânsito Animal (GTA)  e a Permissão de Trânsito Vegetal (PTV) são documentos exigidos para o trânsito de animal e vegetal. Ambos os documentos são obrigatórios para que os produtores transitem com produtos dentro e fora do Estado. Os condutores que trafegam com produtos de origem animal subprodutos e vegatal suas partes também devem apresentar, o Serviço de Inspeção Estadual (SIE) emitido pela Adaf.

Sobre a Feira

A I Feira de Agronegócios é promovida por meio de parceria entre a Universidade Nilton Lins, o Governo do Estado por meio do Sistema Sepror (Idam, Adaf, Ads e Sepa) e a iniciativa privada. O objetivo é a promoção e desenvolvimento do setor para impulsionar atividades comerciais, divulgar novas tecnologias e atrair o público alvo de produtores, empresários, agências de fomento e estudantes, entre outros. O evento acontece na Avenida Professor Nilton Lins, 3259, Parque das Laranjeiras, no período de 29 a 3 de setembro.

O Sistema Sepror – Secretaria de Produção Rural do Estado ( Sepror), a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal (Adaf), o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal do Estado (Idam), Agência de Desenvolvimento Sustentável (Ads) e a Secretaria Executiva  de Pesca e Aquicultura  (Sepa), além de participar de exposições  e realizar  cursos e palestras  no Workshop de Agronegócios com os temas sobre as cadeias produtivas do estado, como Avicultura, Piscicultura Familiar Como Geração de Renda, Manejo Reprodutivo em Caprinos e Ovinos e Amazonas no Agronegócio: Resultados e Desafios também estará envolvida na feira de agonegocio que inicia nesta quinta-feira.

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf) órgão vinculado ao Sistema Sepror participará do evento expondo as atividades da defesa agropecuária que acorrem em toda a cadeia produtiva do leite, tendo uma maquete para representação desta atividade, exposição dos equipamentos necessários para uma produção higiênica de queijos e iogurte.

Outra atividade da defesa agropecuária que será apresentada é relacionada ao uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) na aplicação de agrotóxicos, modo de descarte das embalagens vazias de agrotóxicos, para evitar a contaminação ambiental. A defesa animal também terá uma participação expondo como é realizado o atendimento veterinário e os equipamentos utilizados em casos de doenças de notificação obrigatória entre elas: febre aftosa, brucelose, tuberculose e raiva em herbívoros. Todas essas atividades da Adaf serão representadas através de banners  e informativos distribuídos ao público.

 A solenidade de abertura da Feira será às 18h para visitação pública. Durantes os dias de feira serão mais de 160 stands para exposição de implementos agrícolas, comercialização de equipamentos, produtos de origem animal, hortifrúti e serviços agropecuários.