Manaus, Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018

ADAF passa por auditoria do ministério da agricultura  

09:36 - 06/06/2018

 

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (ADAF), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror) está passando por auditoria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). A auditoria iniciou nesta segunda-feira (04/06) e segue até o dia (09/06). O objetivo da entidade federal é avaliar o serviço de defesa sanitária animal desenvolvido no Estado, referentes aos programas sanitários.

Sobre a auditoria– De acordo com o auditor  fiscal federal agropecuário do MAPA, Daniel Villela, a auditoria leva em consideração aspectos apontados pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), para que se mantenha, a qualidade dos serviços veterinários nos estados e de modo geral em todo o país. “ É uma ferramenta da OIE, onde visa melhorar e nivelar o serviço veterinário e, nessa auditoria existe uma pontuação, onde em cima dessa avaliação é realizado um plano de ação para que o Estado melhore em pontos que ainda não estão conformes”, destacou, o auditor líder do MAPA.

Dentre os aspectos que se julgam necessários na auditoria estão: recursos humanos, físicos e financeiro, autoridade, capacidade técnica e operacional, interação e capacidade de certificação para acesso aos mercados, de acordo com a atuação nos programa sanitários de defesa animal.

Esta auditoria segue as diretrizes  do Programa de Avaliação da Qualidade e Aperfeiçoamento dos Serviços Veterinários Oficiais das instâncias Sistema de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa), do MAPA, o Quali-SV, por meio da Instrução Normativa 27, publicada no Diário Oficial da União. O programa reforça os controles sobre a saúde dos rebanhos, o que tem reflexos positivos na segurança alimentar, além disso, visa ser transparente e alinhado aos exigentes padrões internacionais, para promover melhorias contínuas e necessárias ao desempenho do Serviço Veterinário Oficial (SVO).

Fortalecimento do Serviço Veterinário – Segundo o diretor-presidente da ADAF, Sergio Muniz, a avaliação servirá para fortalecer ainda mais o serviço veterinário no Amazonas. “É importante receber essa avaliação, assim teremos conhecimento onde podemos melhorar em nosso serviço de defesa agropecuária, tendo em vista na defesa animal o que tende a só fortalecer o agronegócio”, destacou o diretor-presidente.

A avaliação está dividida em duas equipes compostas por auditores federais agropecuários do MAPA, Daniel Villela Vieira, Eduardo Luiz Silva Costa e Renato Evangelista de Souza e Janice Elena Loris Bardal. Ontem (05/06), os auditores se deslocaram para os municípios do Amazonas para auditarem as Unidades Veterinárias locais da ADAF, do Careiro da Várzea, Careiro Castanho, Itacoatiara, Rio Preto da Eva, Humaitá, Santo Antônio do Matupi, Apuí e Manacapuru.

Programas sanitários de controle

Os programas sanitários de controle e erradicação da febre aftosa (PNEFA), sanidade suídea (PNSS), sanidade avícola (PNSA), controle de resíduos e contaminantes (PNCRHA), controle e erradicação da brucelose e da tuberculose animal (PNCBT), coordenação trânsito animal, epidemiologia, evento agropecuário, educação sanitária, barreira agropecuária, organismos aquáticos foram avaliados.

No sábado (09/06), será realizado a reunião final, onde os auditores apresentarão as avaliações e ponderações realizadas durante toda esta atividade no Amazonas.