Manaus, Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019

Adaf promove palestra para avicultores sobre doenças que acometem aves

08:55 - 10/04/2019

Com o objetivo de promover a sanidade na criação de aves e coibir o abate clandestino no Amazonas, a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) realizou, nesta terça-feira (09/04), uma palestra direcionada a produtores rurais, abordando doenças que acometem aves de corte e postura, medidas sanitárias de controle e erradicação de enfermidades na avicultura. Na oportunidade, as demandas e dificuldades do setor avícola foram apresentadas. O evento contou com 84 participantes.

De acordo com o diretor-presidente da Adaf, Alexandre Araújo, a proposta do encontro foi de debater as diretrizes do Programa Nacional de Sanidade Avícola (PNSA), do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), trânsito de aves e inspeção sanitária de aves e subprodutos.

“Queremos dialogar com os avicultores no sentido de criar alternativas que potencializem o setor avícola no Estado dentro dos parâmetros que as normas legais ditam e acima de tudo garantir a sanidade animal das aves”, comentou o diretor-presidente da Adaf, Alexandre Araújo.

Durante a palestra, ministrada pelo médico veterinário e professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam), Felipe Faccini, os produtores rurais puderam conhecer algumas das principais doenças que acometem as aves, especificamente as domésticas, segundo o PNSA, além de seus principais impactos econômicos, na saúde humana e um panorama geral da avicultura no Brasil e no Amazonas.

“Tentei trazer de forma objetiva a importância do monitoramento e controle destas doenças, que, na maioria das vezes, estão causando prejuízos ao produtor sem que ele perceba. Além disto, existe a preocupação com as zoonoses, aquelas doenças que podem ser passadas dos animais para as pessoas. E, por isso, é fundamental que todos estejam cientes da sua importância e responsabilidade neste processo”, comentou Felipe Faccini.

Doenças – As principais doenças abordadas foram: Influenza Aviária, Newcastle, Salmonelose,Mycoplasmose e entre outras. A influenza aviária, newcastle são doenças virais. Já a salmonelose, Mycoplasmose são doenças bacterianas. Essas enfermidades possuem sintomatologia respiratória e nervosa nas aves.

“Achei a palestra do professor muito esclarecedora sobre as doenças que acometem as aves. Em relação a reunião, para mim foi o ponto crucial. Crio frangos de corte há mais de 40 anos e eu tenho um sonho em ver meu produto exposto em mercados e feiras com o nome da minha avícola”, comentou Arlete Pinto avicultora de Rio Preto da Eva.

Participaram do evento o diretor-presidente da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), Alexandre Araújo; o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária (Faea), Muni Lourenço; o superintendente federal de Agricultura (SFA-AM),Guilherme Pessoa; o coordenador geral de produção do Ifam, Aildo da Silva Gama; o presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Amazonas (CRMV-AM), Haruo Takatani; o presidente da Associação Amazonense de Avicultura (AAMA), Kuniya Takano  e o diretor executivo do Fundo de Defesa Agropecuária do Amazonas (Fundepec).