Manaus, Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020

Adaf realiza ações voltadas para o controle da raiva em animais de produção

10:07 - 19/08/2020

 

Os produtores rurais que identificarem a existência de abrigo de morcegos e mordidas em animais de produção devem notificar o fato à Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf). Médicos veterinários da autarquia estiveram, entre 23 de julho e 1º de agosto, no município de Barcelos (a 399 quilômetros de Manaus), para realizar ações de controle de raiva, uma das principais causas de mortalidade em herbívoros no Brasil, especialmente nos bovinos.

A medida atendeu a notificação dos produtores da região junto à Adaf. Em Barcelos, foi observado que os animais de algumas propriedades rurais estavam sofrendo mordedura de morcegos hematófagos, principal transmissor da raiva dos herbívoros.

As atividades de controle foram realizadas em seis propriedades rurais, onde 28 bovinos foram inspecionados e vacinados contra a raiva. Além disso, cinco morcegos hematófagos foram capturados e tratados com pasta vampiricida e soltos para fazer o controle populacional da colônia de origem.

“Calcula-se que, com os cinco morcegos tratados, conseguimos atingir 100 morcegos nos abrigos, fazendo assim o controle populacional e diminuindo os ataques aos animais de produção”, comentou o médico veterinário Raphael Medeiros.

As ações seguem as diretrizes do Programa Nacional de Controle da Raiva dos Herbívoros (PNCRH), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Vigilância ativa em animais suscetíveis à febre aftosa, cadastramento de outras espécies e georreferenciamento de propriedades rurais foram outras atividades realizadas pela equipe da Adaf em Barcelos.

O produtor que identificar a existência de abrigo de morcegos e mordidas em animais de produção deve entrar em contato com a Agência pelo AdafOuv (92) 99380-9174, que também funciona para WhatsApp.

FOTOS: Divulgação/Adaf