Manaus, Sexta-Feira, 15 de Novembro de 2019

Adaf realiza palestra sobre guia de trânsito animal

17:38 - 28/08/2019

Nesta quarta-feira (28), a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), promoveu a palestra de trânsito animal, contando com a participação dos municípios de Boca do Acre, Beruri, Coari, Envira, Humaitá, Itacoatiara, Lábrea, Parintins e Tapauá, Manacapuru, Barreirinha, Presidente Figueiredo e Guajará. A ação é promovida pela autarquia, em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc-AM), por meio do Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam).

A palestra foi ministrada pelo médico veterinário e fiscal agropecuário da Adaf, Diego Laner, que informou aos pecuaristas e técnicos sobre a importância da Guia de Trânsito Animal (GTA), envolvendo bovinos e bubalinos, equídeos, caprinos, ovinos, aquáticos, aves e suídeos, no sentido de conscientizá-los sobre a saúde animal e os cuidados necessários com os animais que são deslocados para outras localidades e também sobre a importância da preservação da saúde pública.

“Essa palestra foi fundamental para o produtor rural conhecer quais são as suas obrigações quanto ao transporte de animais, seja entre propriedades rurais e estabelecimentos que beneficiam animais, ou seja, um matadouro ou frigorifico. A GTA é importante, pois garante a sanidade dos animais que saem de uma propriedade a outra. Com isso, o produtor rural ganha na emissão do GTA, porque vai ter um trânsito sem complicações e os animais com a garantia que estão vacinados e sanitariamente sadios”, destacou Laner.

Sobre a GTA- A GTA é um documento obrigatório para o trânsito de animal para qualquer finalidade, para dentro e fora do Estado.

O fiscal esclareceu também sobre os requisitos necessários para a emissão da GTA para a movimentação do trânsito interestadual e intermunicipal, autorização para eventos agropecuários e como proceder a partir do momento que o produtor obter a liberação. Além disso, destacou sobre a Permissão de Trânsito Vegetal (PTV), cujo documento é obrigatório e deve ser apresentado pelos condutores que trafegam com plantas, partes de vegetais e produtos de origem vegetal oriundos de outras regiões, em consonância com as legislações específicas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Segundo Laner, para emitir a GTA e a PTV, o produtor rural deve comparecer em uma das Unidades Locais de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsav) da Adaf, e dever estar com animal imunizado contra doenças para que seja emitido a GTA.

Para esclarecimento de dúvidas ou mais informações, basta contatar o AdafOuv, no telefone (92) 99380-9174 ou pelo e-mail: ouvidoria@adaf.am.gov.br.