Manaus, Sábado, 23 de Outubro de 2021

Adaf realiza palestras on-line comemorativas pelos nove anos de criação da autarquia

10:15 - 30/08/2021

Para apresentar os serviços de defesa agropecuária desenvolvidos no estado, a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) irá realizar, durante esta semana, palestras on-line comemorativas pelos nove anos de criação da autarquia. As palestras serão transmitidas nesta terça-feira (31/08) e na quinta (02/09) pelo canal do YouTube e Facebook da agência e da TV Encontro das Águas, a partir das 9h. 

Amanhã (31/08), as palestras irão abordar as novas atividades relacionadas ao Programa Nacional de Erradicação da Mosca da Carambola (PNEMC) e o Uso Correto e Seguro de Agrotóxicos. As preleções ficarão a cargo dos engenheiros agrônomos da Adaf, Emily Lira e Michael Santos.

Na quinta-feira, o público vai poder acompanhar temas relacionados à Defesa Sanitária Animal e sobre o Serviço de Inspeção Estadual (SIE), em palestras ministradas pelas médicas veterinárias da agência, Angélica Martina e Lilian Toffanetto. 

“Momento importante, a comemoração dos nove anos da Adaf e a apresentação dessas palestras técnicas visam mostrar aos nossos beneficiários (produtores rurais, agricultores e empresários) os serviços que são oferecidos pela Adaf na preservação do patrimônio agropecuário, incremento sustentável da produção rural e resguardo da saúde pública”, ressaltou Alexandre Araújo, diretor-presidente da Adaf.

Sobre a Adaf – No Amazonas, a Adaf é responsável por desenvolver a política estadual de defesa agropecuária, visando a preservação do patrimônio animal e vegetal, contribuindo para o incremento sustentável da produção agropecuária e resguardo da saúde pública. A autarquia foi criada em 29 de agosto de 2012, por meio da Lei nº 3.801.

Além da central da Adaf em Manaus, a agência conta com 64 Unidades Locais de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsavs) no interior, e sete Barreiras de Vigilância Agropecuária (BVAs), sendo uma no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus, uma em Jundiá (Roraima), uma em Parintins, uma em Humaitá e, nos municípios de Manicoré, Apuí e Novo Aripuanã.