Manaus, Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019

Adaf realiza palestras sobre eventos agropecuários, saúde animal e pragas de vegetais durante a 41ª Expoagro

15:53 - 04/10/2019

Com a proposta de apresentar as ações de defesa animal e vegetal, da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), durante a 41ª Expoagro, a autarquia realizou palestras relacionadas à sanidade animal, eventos agropecuários e pragas de vegetais. Produtores rurais e estudantes de medicina veterinária e agronomia participaram da programação.

Os palestrantes foram os médicos veterinários da gerência de defesa animal, Diego Laner e Gigliola Pontes e, os engenheiros agrônomos da gerência de defesa vegetal da Adaf, Luiz Fernando, Geovanna Santos e Sivandro Campos.

Defesa animal – Na ocasião, Diego Lanner, ministrou as palestras de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose e Erradicação da Febre Aftosa, onde reforçou a importância da vacinação e medidas para manter a sanidade animal e consequentemente a saúde pública. Atualmente, o Amazonas é reconhecido internacionalmente pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), como área livre de febre aftosa com vacinação.
Por sua vez, Gigliola Pontes falou como funciona o trabalho de fiscalização em eventos agropecuários, dando ênfase ao bem-estar animal, trânsito animal e as exigências da Adaf para quem deseja realizar um evento agropecuário.

“Essa palestra abriu a minha mente. Considero ela como a top cinco do evento, porque potencializou conhecimento para quem deseja organizar o seu evento de forma perfeita, correta, impecável e de forma antecipada, respeitando todos os protocolos que devem ser respeitados. Sou um promotor de evento em crescimento, estou me capacitando nesta área, o que me favorece a buscar um desenvolvimento pessoal para levar para o meu município”, comentou, Will Nogueira, promotor da Agrofest, do município de Itacoatiara (distante a 176 quilômetros de Manaus.

Defesa vegetal – Na área de defesa vegetal, Sivandro Campos, abordou as ações da autarquia, relacionada ao Programa de Vigilância Fitossanitária (Vigifito), referente ao controle de trânsito intraestadual e interestadual de vegetais nas Barreiras de Vigilância Agropecuária (BVA’s). Atualmente, a Adaf conta com barreira fixa e volante, sendo elas em Jundiá (RR), Humaitá, Parintins e Manaus, no Aeroporto Internacional de Manaus.
Em seguida, Geovanna Santos, apresentou o Programa de Prevenção, Controle e Erradicação de Pragas dos Vegetais e suas Partes – (PCE), que atua realizando o levantamento fitossanitário de detecção de pragas quarentenárias presentes do País e ausentes no Estado do Amazonas.

Luiz Fernando, gerente de defesa vegetal, finalizou a programação com a palestra sobre o Programa Nacional de Erradicação da Mosca da Carambola (PNEMC).

As finalistas do curso engenharia agrônoma da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Anne Caroline e Luana Oliveira , que prestigiaram a palestra da Adaf, destacaram a importância de terem adquirido mais conhecimento sobre a defesa vegetal. “Essas palestras foram importantes, porque principalmente pela parte da mosca carambola, conhecemos um pouco o histórico, tanto pela entrada dela no Estado do Amapá e o controle vegetal e as apreensões que a Adaf faz”, comentou Ane Carolinne