-->
Manaus, Segunda-Feira, 13 de Julho de 2020

Adaf realiza reunião de integração para apresentar ações realizadas em 2019 e programação para este ano

15:13 - 17/02/2020

 

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), seguindo a política de integração da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) realizou nesta segunda-feira (17/02) uma reunião para norteamento das atividades de defesa e inspeção agropecuária executadas em 2019 e a programação para 2020. A proposta dessa reunião é estratégica para integrar as atividades das vinculadas do Sistema Sepror (Idam, Adaf e ADS) semanalmente.  

Na ocasião, o diretor-presidente da Adaf, Alexandre Aráujo apresentou o balanço das ações de 2019 relacionadas as atividades de defesa vegetal, dando ênfase a reativação da Barreira de Vigilância Agropecuária (BVA), do Jundiá, em Roraima para a fiscalização do trânsito de vegetais e suas partes, que realiza a vigilância fitossanitária, visando a prevenção da praga quarentenária mosca da carambola, a fiscalização do uso e comercialização de agrotóxicos e insumos veterinários no Amazonas, ações rumo a área livre de febre aftosa sem vacinação e sobre o Serviço de Inspeção Estadual (SIE).

Todas essas ações são continuas e seguem os critérios do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e as legislações de defesa e inspeção agropecuária, atendendo a legislação orçamentária.

“É importante destacar essa integração e compartilhamento de ações com o Sistema Sepror para que possamos apresentar as programações que já foram realizadas e o que estamos programando para este ano. Já estivemos incialmente, reunidos na ADS e no Idam e, agora chegou a vez da Adaf”, comentou diretor-presidente da Adaf, Alexandre Aráujo.

Durante a reunião, o gestor da Adaf reforçou ainda, que a prioridade da agência é a modernização tecnológica dos serviços de defesa e inspeção agropecuária, que inclui a implementação e implantação de rede internet nas 53 Unidades Locais de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsavs), a implantação da emissão de boleto bancário para pagamento de taxas e serviços, a aquisição de equipamentos tecnológicos para implantação de processos digitais, entre outros itens.

“A modernização dos serviços do Governo do Estado tem sido uma das ações prioritários deste governo. A partir do momento que for implantado, por exemplo, a emissão de boleto bancário do serviços de taxas online será um avanço, onde estaremos melhorando e otimizando os serviços da nossa Adaf”, comentou o secretário de Estado da Produção Rural (Sepror), Petrucio Magalhães.

A reunião contou com a presença do diretor-presidente da Adaf, Alexandre Aráujo, o secretário de Estado da Produção Rural (Sepror), Petrucio Magalhães, o secretário adjunto de Pesca e Aquicultura (Sepa/Sepror), Leocy Cutrim, o secretário executivo adjunto de Política Agrícola, Pecuária e Florestal do Amazonas (Seapaf/Sepror), Airton Schneider, os diretores técnicos da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), Tomás Sanches e José Milton Barbosa, do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), além de chefes, assessores e gerentes técnicos da Adaf.