Manaus, Quinta-Feira, 18 de Julho de 2019

ADAF recebe equipe do MAPA para supervisão do Plano de Ação

08:15 - 01/03/2019

Esta é a primeira supervisão do Plano de Ação de auditoria da Qualidade do Serviço Veterinário (Quali-SV), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Durante dois dias, nesta quinta e sexta, o serviço de defesa agropecuária da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) está sendo supervisionado pelo auditor da Superintendência Federal do Pará (SFA/PA), Jeferson Jacó Fuck e pela auditora do Programa de Erradicação da Febre Aftosa (PNEFA), da Superintendência Federal de Agricultura do Amazonas (SFA/AM), Ana Carolina.
“Esse encontro será para supervisionarmos o seguimento do plano de ação da Adaf para implementação daqui pra frente”, destacou Jeferson.

Para o diretor-presidente da Adaf, Alexandre Araújo, essa supervisão é de suma importância para o Amazonas, pois vai subsidiar o novo panorama do PNEFA, através da suspensão da vacina nos municípios envolvidos no bloco 1, do plano estratégico (2017-2026). “Esta é uma etapa importante, onde o MAPA verifica se todos os programas de defesa animal estão sendo implementados. Mas a ênfase é no Programa contra Febre Aftosa”, ressaltou Alexandre.

Atualmente 13 cidades do Amazonas fazem parte do Bloco I, dos municípios brasileiros que vão obter status de livre de aftosa sem vacinação ainda este ano.

“ Esses 13 municípios são detentores de 62% do rebanho amazonense. E nestes lugares, a última vacinação será em maio. Por outro lado, o Estado está se estruturando para aumentar a vigilância desse rebanho,” garantiu o diretor-presidente, que destacou ainda a importância para economia, já que o novo status provoca a valorização desses animais nos mercados nacional e internacional.