Manaus, Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018

Adaf reforma e entrega três escritórios na região sul do Estado e assina termo de cooperação com a Faea e o Fundepec

14:58 - 05/10/2018


A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), reformou e entregou três escritórios na região sul do Estado, nos municípios de Humaitá, Manicoré (Matupi) e Apuí, durante visita do diretor-presidente, Sergio Muniz, à região, nesta semana. Na ocasião, também foi assinado um termo de cooperação técnica com a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas (Faea) e com o Fundo de Defesa Agropecuária do Estado do Amazonas (Fundepec-AM), que tem como proposta desenvolver ações que visam o fortalecimento da defesa agropecuária amazonense.

De acordo com o diretor-presidente da Adaf, as reformas nos escritórios fazem parte do plano de ação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) devido ao reconhecimento internacional do Estado como área livre de febre aftosa com vacinação, que prioriza a ampliação da cobertura do serviço de defesa agropecuária em todo o Estado e, o termo de cooperação com a Faea e o Fundepec-Am, vem para garantir a manutenção do fundo de defesa agropecuária assegurando a saúde dos rebanhos e as garantias para as ações do Plano Nacional de Erradicação da Febre Aftosa (Pnefa – 2017-2026).

 
“As ações nessa região serão potencializadas, tendo em vista que, a partir de 2019, iremos iniciar uma nova etapa, que é a retirada da vacina contra a febre aftosa em 12 municípios e, consequentemente, efetivaremos todas as ações da Adaf”, destacou Sergio Muniz.

Reformas – As Unidades Veterinárias Locais (UVLs) de Maués, Itacoatiara, Novo Remanso, Autazes (sede), Novo Céu, Boca do Acre e Iranduba estão também passando por reformas e, em breve, serão inauguradas. Atualmente, a Adaf possui 47 escritórios pelo Estado.

Sobre o Fundepec – O Fundo de Defesa Agropecuária do Estado do Amazonas (Fundepec), criado pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas (Faea), é um apoio financeiro com recursos oriundos de contribuições, doações e subvenções de associações de produtores rurais, empresas agropecuária, industriais, comerciais e de entidades privadas para garantir o desempenho das ações de defesa sanitária animal de eventuais prejuízos e para proteger o rebanho do Estado.

“Foi muito importante podermos ampliar a divulgação sobre o Fundepec no sul do Amazonas, área de grande expressão na pecuária amazonense. Além disso, foi relevante acompanharmos as inaugurações de novos escritórios da Adaf, iniciativa oportuna para o fortalecimento do serviço estadual de defesa agropecuária”, destacou o presidente da Faea, Muni Lourenço.

Instalações de frigoríficos – A comitiva visitou também instalações de futuros frigoríficos de carne que vão funcionar com o Serviço de Inspeção Estadual (SIE), nos municípios de Humaitá e Manicoré (Matupi). A inauguração do Frigorífico de Carne em Humaitá está prevista para março de 2019. O empreendimento terá a capacidade de abater 300 animais dia.

 
Já o Frigorifico Manicoré recebeu uma vistoria prévia e terá a capacidade de produção de abater 100 animais dia e a previsão de funcionamento está prevista para outubro de 2019.