Manaus, Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019

Adaf registra fábrica de laticínio em Manaus com selo de inspeção estadual

14:59 - 13/02/2019

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), autarquia vinculada à Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), concedeu, nesta quarta-feira (13/2), o título de registro do Serviço de Inspeção Estadual (SIE) para a Fábrica de Laticínios Frios da Amazônia, localizado no bairro Jorge Teixeira, na zona leste de Manaus.

De acordo com o diretor-presidente da Adaf, Alexandre Araújo, o Governo do Amazonas vem trabalhando em medidas para fomentar e incentivar esses estabelecimentos que geram emprego e renda, visando fornecer produtos inspecionados e de qualidade, além de contribuir para expansão dos negócios no estado.

“Só este ano três indústrias já foram registradas no SIE e ficamos felizes em estarmos registrando mais uma empresa e parabenizamos o Senhor Josué pelo seu espírito empreendedor. Aqui ele vai gerar nove empregos, fora os produtores rurais que fornecerão a matéria- prima”, comentou Alexandre Araújo, reconhecendo o trabalho da gerência de produtos de origem animal da Adaf, do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Amazonas (CRMV) e da responsável técnica do estabelecimento.

Alexandre lembrou ainda da possibilidade do empresário se credenciar no Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme), da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS).

Sobre o SIE- O SIE é a garantia da Adaf que permite ao empresário comercializar produtos de origem animal em todo o estado, de acordo com as diretrizes da legislação sanitária. Atualmente, no Amazonas, 30 indústrias de laticínios são registradas no serviço de inspeção estadual da Adaf.

Produção – A capacidade de produção do empreendimento total será de 1.800 litros de leite por dia. Hoje a fábrica está produzindo 100 litros de leite diariamente. Os produtos que serão comercializados são iogurtes nos sabores de ameixa, banana, abacaxi, graviola, cupuaçu, coco, pêssego, salada de frutas e morango.

“Foi com muita luta que consegui alcançar o SIE, não foi nada fácil. Desde 2014 estive tentando atender os pré-requisitos que a Adaf exigia e agora finalmente consegui a garantia de poder comercializar meus produtos em ótimo padrão”, assegurou Josué Vieira de Sousa, empresário da Fábrica de Laticínio Frios da Amazônia.

Representantes da Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal do Estado do Amazonas (IDAM) e do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) e a equipe da gerência de produtos de origem animal da Adaf estiveram presentes na entrega do certificado. Além de familiares e amigos do proprietário como convidados.