Manaus, Sábado, 29 de Janeiro de 2022

Adaf se reúne com representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

17:11 - 09/12/2021

Reuniões de nivelamento discutiram o Sisbi-Poa e a futura adesão ao Sisbi-Pov

Representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) realizaram, na tarde desta quinta-feira (9/12), reuniões de nivelamento com membros da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf). O encontro aconteceu no mesmo dia em que a autarquia obteve a equiparação do Serviço de Inspeção Estadual (SIE) ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi- Poa).

Durante o primeiro encontro, a diretora do Departamento de Suporte e Normas do Mapa, Judi Maria da Nóbrega, e a coordenadora do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa), Aline Soares Nunes, esclareceram as dúvidas técnicas de membros da Gerência de Inspeção de Produtos de Origem Animal (GIPOA), setor responsável por fiscalizar os estabelecimentos interessados em obter os selos estadual e federal.

Segundo o diretor-presidente da Adaf, Alexandre Araújo, o encontro foi de suma importância, uma vez que o regramento a partir da adesão ao Sisbi-Poa é diferenciado.

“Nós precisávamos tirar algumas dúvidas com as doutoras Judi e Aline para nivelarmos e qualificarmos o nosso atendimento e a padronização dos nossos serviços junto aos interessados em aderir ao Sisbi-Poa”, destacou.
Araújo chamou a atenção ainda para a autonomia que o sistema de defesa agropecuário e florestal do Amazonas passa a ter após equiparação do SIE ao sistema federal, que permite aos produtores do estado comercializarem seus produtos de origem animal para todo o país.

“Essa autonomia é muito importante. O serviço de inspeção estadual da Adaf aderiu e como foi deixado bem claro pelo ministério, nós temos autonomia para definir quais são os produtos e os empreendimentos que possam estar aptos a serem reconhecidos e certificados com o Sisbi-Poa.

Um grande avanço para o estado do Amazonas já que isso vai possibilitar a oportunidade de novos negócios aqui, visando o mercado de outros estados. E principalmente a valorização dos produtos regionais, como o pescado que é tão valorizado pela população daqui e tão procurado lá fora”, enfatizou.

 

Sisbi-Pov – Em um segundo momento as representantes do Mapa e da Suasa se reuniram com a Gerência de Defesa Vegetal (GDV) para sinalizar o interesse em viabilizar a adesão do Amazonas, por meio da Adaf, também ao Sistema de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal (Sisbi-Pov), serviço ainda não oferecido no Estado, por estar condicionado a uma delegação de competência por parte da legislação federal.


“Ficamos muito felizes de receber essa sinalização do ministério de uma futura e breve delegação de competência desde que o estado se adeque para emitir o Sisbi-Pov. O que será de grande importância para que nós possamos fomentar as cadeias de produção vegetal daqui do nosso estado”, afirmou o diretor-presidente da Adaf.