Manaus, Sexta-Feira, 13 de Dezembro de 2019

Amazonas entra na última semana da campanha contra febre aftosa em 21 municípios

14:26 - 25/11/2019

 

Os criadores de bovinos e bubalinos de Apuí, Barcelos, Canutama, Carauari, Eirunepé, Envira, Humaitá, Ipixuna, Itamarati, Juruá, Lábrea, Manicoré, Novo Airão, Novo Aripuanã, Pauini, Presidente Figueiredo, Santa Isabel do Rio Negro, Guajará, Boca do Acre, São Gabriel da Cachoeira e Tapauá deverão vacinar os seus rebanhos contra a febre aftosa até o próximo sábado (30/11). O Amazonas está há 15 anos sem registro da doença.

Desde o início de novembro, o Governo do Amazonas, por meio da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), iniciou a segunda etapa da campanha “Amazonas sem Febre Aftosa”, em 21 municípios do estado. Para esta etapa, a estimativa da Adaf é imunizar 694.095 cabeças de gado.

“Chegamos à última semana da segunda etapa da campanha contra a febre aftosa em 21 municípios do Amazonas. O produtor não pode esquecer que tem até o dia 30 deste mês para comprar a vacina e imunizar o seu rebanho”, comentou a médica veterinária da Adaf e coordenadora estadual do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA), Joelma Silva.

As doses da vacina podem ser adquiridas em casas agropecuárias credenciadas pela Adaf ou nos escritórios do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam). O preço é de R$ 1,90 a R$ 2,10 por dose (2 ml).

Nesta etapa, animais de 0 a 24 meses deverão ser vacinados. Somente em Guajará e Boca do Acre a vacinação será realizada em animais de todas as idades. A autarquia informa ainda que, neste período, o produtor deverá comparecer aos escritórios da Adaf em seu município para a atualização obrigatória de todo o rebanho.