Manaus, Sexta-Feira, 01 de Julho de 2022

Governo do Amazonas apresenta tecnologias e produção agropecuária durante Workshop e Feira de Agronegócios em Manaus

13:20 - 29/08/2017

O Governo do Amazonas, por meio do Sistema Sepror (Idam, Adaf, ADS e Sepa), participa, no período de 29 a 3 de setembro, do I Workshop e da I Feira de Agronegócios realizados pela Universidade Nilton Lins. O objetivo é proporcionar o intercâmbio de novas tecnologias produtivas, oportunidades de negócios, informações sobre crédito rural, além da iniciativa de projetos sustentáveis, exposição e comercialização de produtos da agricultura familiar. O evento acontece na Avenida Professor Nilton Lins, 3259, Parque das Laranjeiras.

Assuntos como produção e comercialização da castanha-do-Brasil, piscicultura familiar, pecuária e avicultura de postura e corte, atividades que promovem o desenvolvimento rural no Amazonas, serão debatidos nos primeiros dois dias do evento (29 e 30) e a Feira acontecerá na área externa da Universidade a partir de quinta-feira, 31 de agosto. A abertura da feira para visitação do público inicia às 18h.

No estande do Idam, o público poderá conferir como funciona, na prática, algumas tecnologias utilizadas no setor rural, como é o caso do cultivo hidropônico de alface. Essa tecnologia é bastante utilizada por agricultores familiares da zona rural de Manaus e que tem proporcionado o aumento na produção. No período de 2014 a 2016, o cultivo da hortaliça apresentou um acréscimo de 22%.

A produção de pimentão colorido e tomate cereja, produzidos em vaso, no município de Iranduba serão expostos durante a feira de Agronegócios. Os visitantes também poderão conferir exposição de avicultura de postura e corte em todas as fases de criação, além da distribuição de mudas por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam).

Na avicultura de postura, aquela destinada a produção de ovos de galinha, o Amazonas é considerado autossuficiente desde 2001. Em 2016, o Amazonas registrou 1,5 milhão de caixas do produto, segundo dados do Idam e a previsão de produção para 2017, é de 1,7 milhão de caixas de ovos, o que representa um aumento de 13,3%.

O evento ainda conta com uma programação de cursos e palestras. A Secretaria Executiva de Pesca e Aquicultura (Sepa) realizará de 1 a 3 de setembro, o curso de retirada de espinha de peixe.

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf) participará com exposição de atividades da defesa agropecuária, que ocorrem em toda a cadeia produtiva do leite e equipamentos necessários para uma produção higiênica de queijos e iogurte, além de informações sobre defesa animal como o combate da febre aftosa, brucelose, tuberculose e raiva em herbívoros.