Manaus, Sábado, 23 de Outubro de 2021

Governo do Amazonas compra produção das cooperativas e associações atingidas pela enchente em Manacapuru  

17:45 - 27/04/2021

Na manhã desta terça-feira (27/04), o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de produção Rural (Sepror) e da Agência de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (ADS), em parceria com o Sindicato e Organização das Cooperativas do Brasil no Amazonas (OCB/AM), realizou a compra de produtos de associações e cooperativas do município de Manacapuru, onde os agricultores familiares da região foram prejudicados pela enchente dos rios, afetando a produção e também o escoamento dos seus produtos. 

 

O evento foi realizado no galpão da Cooperativa de Fruticultura dos Agricultores do Município de Manacapuru, e contou com a participação de três cooperativas e uma associação de produtores que foram beneficiadas com a compra dos produtos, entre eles macaxeira, mamão, abacaxi, banana e maracujá, que serão doados às entidades socioassistenciais.

 

“Essa é uma determinação do Governador Wilson Lima de socorrer esses agricultores ribeirinhos, que foram atingidos duplamente pela pandemia e pela subida dos rios, que se não houvesse essa compra emergencial, certamente esses produtores perderiam essa produção. São 200 mil reais comprados desses agricultores, mas nós temos 5 milhões para comprar também dos produtores da terra firme, que também estão tendo prejuízo com este rigoroso inverno chuvoso. E este evento também tem um simbolismo muito grande, porque se trata de cooperativas da agricultura familiar lideradas por mulheres, o protagonismo total é dessas mulheres”, disse o secretário da Sepror, Petrucio Magalhães Júnior.

 

A diretora-presidente da ADS, Michelle Bessa, informou que o Governo do Estado está comprando essa produção de forma emergencial dos agricultores das cooperativas de Manacapuru, para que seja feito o processo de doação simultânea, através de programas sociais das secretarias estaduais.

 

“A ADS, juntamente com a Sepror, teve a sensibilidade de enxergar a necessidade desses produtores rurais. Adquirimos nessa compra emergencial quase 60 toneladas de produtos, visando ajudar justamente esses agricultores, onde após a compra será realizada a doação, através da Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas), Fundo de Promoção Social (FPS) e a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc)”, disse Michelle Bessa.

 

A secretária-executiva do Fundo de Promoção Social (FPS), Kathleen dos Santos, que estava representando a primeira-dama do Estado, Taiana Lima, ressaltou que a compra emergencial traz benefícios tanto para os produtores, quanto para a população.

 

“Essa ação do Sistema Sepror com a compra dessa produção, que seria toda perdida, é muito importante tanto para renda desses produtores que terão como comercializar seus produtos, quanto para o restante da população em situação de vulnerabilidade social, que será beneficiada na doação que será feita”, afirmou Kathleen.

 

O presidente da OCB/AM, Merched Chaar, comentou sobre a força e o trabalho das mulheres que estão à frente das cooperativas.

 

“O valor dessas mulheres que comandam as cooperativas é muito grande, são quatro cooperativas em Manacapuru e todas elas lideradas por mulheres e o resultado é este, avanço e apoio aos produtores”, disse Merched.

Recursos – O valor liberado para as cooperativas, de forma emergencial, foi de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) para cada, e beneficiaram três cooperativas e uma associação: Cooperativa de Floricultura dos Agricultores do Município de Manacapuru (Coopfamma), Cooperativa Agroindustrial dos Juticultores, Produtores Rurais e Extrativistas do Amazonas (Cooperjuta), Cooperativa de Agricultores e Pescadores de Manacapuru e Região (Coapmar), e a Associação de Piscicultores de Novo Airão.

 

Núbia Santos, presidente CoopFamma, agradeceu o apoio dado aos produtores cooperados de Manacapuru. “Temos 96 cooperados e estamos muito felizes por essa ajuda que o Governo está nos dando, permitindo que nossos produtores possam ter o seu pão de cada dia” relatou Núbia.

 

Estiverem presentes na cerimônia, o superintendente regional do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), Guilherme Pessoa; o diretor-presidente da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf), Alexandre Araújo; o diretor de assistência técnica e extensão rural do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), Luís Herval; a presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Amazonas (Fetagri), Edjane Meireles; a superintendente da OCB/AM Cláudia Sampaio, a superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/AM), Lamisse Cavalcanti.

 

FOTOS: Djalma Júnior / Sepror