Manaus, Quarta-Feira, 24 de Abril de 2024

Governo do Amazonas inicia primeira etapa da última campanha de vacinação contra febre aftosa

10:19 - 18/03/2024

Campanha pretende alcançar 41 municípios do estado este ano

 

Em São Sebastião do Uatumã (a 247 quilômetros de Manaus), o Governo do Amazonas deu início, nesta sexta-feira (15/03) a primeira etapa da última campanha de vacinação ‘Amazonas sem Febre Aftosa’ em 41 municípios do estado. O  lançamento oficial ocorreu na Fazenda Sonho Meu. Nesta etapa devem ser vacinados 544,9 mil bovinos e bubalinos de todas as idades.

O governador destacou a sinalização positiva de que todo o estado esteja livre de vacinação de febre aftosa. “Isso garante aos nossos pecuaristas o trânsito livre e que o Amazonas não fique isolado do restante dos estados da região e também do Brasil”, disse Wilson Lima.

Esta deve ser a última campanha após a inclusão do Amazonas entre os estados que pleiteiam o status Livre de Aftosa sem Vacinação já a partir do próximo ano. O anúncio foi feito recentemente pelo ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, após reunião com o governador do Amazonas Wilson Lima em Brasília.

“É fundamental que os pecuaristas do Amazonas entendam que é preciso vacinar agora para não vacinar mais. Só vamos conseguir tirar a vacina se tivermos a participação de todos”, disse o presidente da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), José Omena.

Aquisição de vacinas

Produtores devem adquirir as vacinas nas casas agropecuárias ou no escritório do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) de seu município. As vacinas devem ser aplicadas até 30 de abril e a notificação junto à Adaf deve ser feita até 15 de maio.

Para a última campanha de vacinação contra a febre aftosa, a Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) investiu aproximadamente R$ 1,6 milhão, proporcionando a aquisição de 375 mil doses. A campanha visa atingir os bovídeos de todas as idades na primeira fase, de 15 de março a 30 de abril.

“Essa é uma ação que envolve a mobilização de todo Sistema Sepror, é um compromisso de toda cadeia produtiva. Precisamos intensificar essa campanha, cumprindo todos os protocolos sanitários, e evoluirmos para alcançarmos o status livre de febre aftosa sem vacinação em todo o estado”, destacou o titular da Sepror, Daniel Borges.

Desde 2019, o Amazonas já investiu R$ 4,1 milhões na compra de 1.534.610 doses de imunizante, visando alcançar o status de estado livre da febre aftosa sem vacinação. A meta do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) é que o Brasil se torne totalmente livre de Febre Aftosa sem vacinação até 2026. A partir de 1º de maio de 2024, haverá restrição na movimentação de animais e produtos entre os estados que suspenderam a vacinação e aqueles que ainda a praticam.

Municípios

A primeira etapa da campanha ocorre nas cidades de Alvarães, Amaturá, Anamã, Anori, Atalaia do Norte, Autazes, Barreirinha, Benjamin Constant, Beruri, Boa Vista do Ramos, Borba, Caapiranga, Careiro, Careiro da Várzea, Coari, Codajás, Fonte Boa, Iranduba, Itacoatiara, Itapiranga, Japurá, Jutaí, Manacapuru, Manaquiri, Manaus, Maraã, Maués, Nhamundá, Nova Olinda do Norte, Parintins, Rio Preto da Eva, Santo Antônio do Içá, São Paulo de Olivença, São Sebastião do Uatumã, Silves, Tabatinga, Tefé, Tonantins, Uarini, Urucará, Urucurituba.

FOTOS: Emerson Martins / Sepror