Manaus, Segunda-Feira, 26 de Fevereiro de 2024

Governo do Amazonas nomeia 16 candidatos do cadastro reserva de concurso da Adaf

13:46 - 14/06/2023

Medida tem o objetivo de preencher vagas oriundas de desistências e ausências para posse no prazo legal

O Governo do Amazonas, por meio da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), nomeou, na terça-feira (13/06), 16 candidatos do cadastro reserva do concurso público da autarquia, realizado em 2018 e homologado em junho de 2019. A medida foi publicada na edição nº 35.001 do Diário Oficial do Estado (DOE-AM), e tem o objetivo de suprir a necessidade de servidores, por meio do preenchimento de vagas alvos de desistências e ausências para posse no prazo legal.

FOTOS: Arthur Castro/Secom

Do total de nomeações, cinco são para o cargo de Técnico de Fiscalização Agropecuária; cinco para Assistente Técnico; três para Fiscal Agropecuário Médico Veterinário; uma para Fiscal Agropecuário Engenheiro Agrônomo PCD; uma para Fiscal Agropecuário Engenheiro Florestal; e uma para Contador. Para que os candidatos pudessem exercer cargos de provimento efetivo no quadro de pessoal da Adaf, a instituição tornou sem efeito decretos de nomeações referentes à ausência de apresentação de candidatos para a posse e/ou desistência da vaga.

Segundo o diretor-presidente da Adaf, José Omena, o ingresso de novos servidores no serviço de defesa fortalece o trabalho de defesa agropecuária e florestal desenvolvido no Estado.

 “A chegada de profissionais qualificados e comprometidos com o serviço público contribui para a sanidade e inocuidade dos produtos que chegam aos lares dos amazonenses e dá novo fôlego à autarquia, que neste ano completa 11 anos de atuação”, destacou.

Os candidatos serão notificados pela Adaf. O ingresso dos novos servidores será realizado sem o aumento da despesa de pessoal, tendo em vista a substituição aos servidores desistentes e ausentes para posse.