Manaus, Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018

Médicos veterinário da Adaf participam de treinamento para controle de morcegos em área urbana e rural

17:00 - 16/03/2018

 

Os médicos veterinários da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf), órgão integrante do Sistema Sepror participaram do treinamento para controle de morcegos em área urbana e rural, voltado à vigilância e prevenção à raiva. Os principais transmissores da doença são cães e gatos, no ambiente urbano, e os morcegos em áreas rurais. O treinamento foi uma realização da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (Susam). De acordo com a FVS, o principal objetivo do treinamento é fortalecer as ações de controle da raiva no Amazonas. O  grupo que participou do treinamento seguiu para o município de Presidente Figueiredo, a 117 quilômetros de Manaus, para realizar atividade prática do curso.

 

De acordo com o chefe do Departamento de Vigilância Ambiental (DVA), Cristiano Fernandes, o principal objetivo do treinamento é fortalecer as ações de controle da raiva. “O curso faz parte da programação da Gerência de Zoonose da FVS, voltada para educação continuada dos agentes que atuam no programa de controle da doença, nos municípios do interior do Estado, além da capital”, disse.

Prioridade – Cristiano explica que estão participando do curso 40 agentes de zoonose, da capital e de 15 municípios do interior. “Os municípios priorizados nesta primeira turma de capacitação são aqueles que registram a ocorrência de morcegos hematófagos e que possuem maior vulnerabilidade à doença”, afirmou.

Atualização – Segundo a gerente de Zoonose da FVS, Ana Cristina Campos, o treinamento visa atualizar os médicos veterinários e os agentes que atuam nas ações de controle da raiva, para a realização de ações como o controle seletivo por meio de capturas de morcegos, principalmente, os hematófagos, que se alimentam de sangue.

“A equipe de instrutores do curso conta com técnicos extremamente qualificados, que abordarão temas voltados para o controle e monitoramento de agressões por morcegos em humanos, o que pode gerar o risco de transmissão do vírus rábico. As atividades das práticas de captura dos morcegos, no campo, serão feitas com a técnica da instalação de redes de neblinas. Os participantes terão a oportunidade de aprimorar o conhecimento destas técnicas”, esclareceu.

Municípios participantes – Os municípios que estão participando são: Apuí, Barcelos, Canutamã, Careiro Castanho, Eirunepé, Humaitá, Novo Airão, Novo Aripuanã, Presidente Figueiredo, Santa Izabel Rio Negro, São Gabriel Cachoeira, Parintins, Barreirinha, Tefé e Manaus.

 

 

ASSCOM: FVS-AM