Manaus, Terça-Feira, 03 de Agosto de 2021

Médicos veterinários da Adaf recebem treinamento teórico para inquérito soroepidemilógico de Peste Suína Clássica

17:00 - 09/07/2021

 

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) iniciou, na quarta-feira (07/07), o Treinamento Teórico para o Inquérito Soroepidemiólogico de Peste Suína Clássica para os médicos veterinários da agência. Ao todo, 76 profissionais participaram do treinamento que vai contribuir com o Plano Estratégico de Peste Suína Clássica (PSC), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O encerramento da parte teórica ocorreu nesta sexta-feira (09/07).

A gerente de defesa animal da Adaf, Graziele Domingues, explica que o treinamento também inclui atividade prática a ser realizada entre os dias 26 e 29 de julho. Os médicos veterinários realizarão a coleta de sangue de suínos, incluindo todas as etapas, como a contenção do animal, eutanásia, prática de necropsia, colheita do material e envio de material para diagnóstico da peste suína clássica ao Laboratório Federal de Defesa Agropecuária (LFDA), em Pedro Leopoldo (MG).  

Segundo a gerente de defesa animal, esse estudo visa suprir a deficiência de informações e ações de vigilância, aprimorando a caracterização do sistema produtivo de suínos e da condição epidemiológica da PSC, seguindo as diretrizes do Programa Nacional de Sanidade Súidea (PNSS), do Mapa. O inquérito é um pré-requisito para o reconhecimento internacional de zona livre da doença. 

“O objetivo deste estudo soroepidemiológico é a detecção da circulação do vírus da Peste Suína Clássica na Região III do Plano Estratégico Brasil Livre de PSC, que é composto por 54 municípios dos estados do Amazonas, Roraima e parte do Pará”, destacou. 

O treinamento foi ministrado pelos médicos veterinários e auditores federais agropecuários do Mapa, Guilherme Takeda e Newton Galvão. Na ocasião, os palestrantes enfatizaram a contextualização da doença, a importância das ações de vigilância do serviço de defesa sanitária animal e os procedimentos do inquérito soroepidemiológico.  

Sobre a doença – A Peste Suína Clássica (PSC) é uma doença que não é transmitida aos humanos, mas traz grandes prejuízos econômicos para a suinocultura. 

O evento teórico foi realizado virtualmente pela plataforma Teams e contou com a presença do diretor-presidente da Adaf, Alexandre Araújo e do Superintendente Federal da Agricultura no Amazonas (SFA-AM), Guilherme Pessoa. 

 

FOTO: Divulgação/Adaf