Manaus, Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020

Primeira edição do ‘Peixe no Prato’ em 2020 contou com ações de cidadania em parceria com a Sejusc

15:21 - 15/01/2020

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) e suas vinculadas (Idam, Adaf e ADS), realizou na manhã desta quarta-feira (15/01) a 6ª edição do programa “Peixe no Prato”, com venda de peixes e verduras a preços acessíveis e ações de cidadania, em parceria com a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc). A primeira edição do ano aconteceu na rua Rio Maicuru, Conjunto Viver Melhor I, bairro Santa Etelvina, zona norte de Manaus, onde foram comercializadas aproximadamente 1,2 toneladas de peixes populares e emitidos mil documentos.

Esta edição do programa, executado pela Secretaria Adjunta de Pesca e Aquicultura (Sepa/Sepror), ofereceu aos moradores do Conjunto Viver Melhor I e adjacências a oportunidade de adquirir peixes como tambaqui roelo, tambaqui curumim e pirarucu de manejo, assim como 1.500 sacolas de verdura, com itens da agricultura familiar como cheiro verde, limão, maxixe e pimenta de cheiro, frutas e um delicioso café da manhã. Os preços dos produtos variavam de R$ 1 a R$ 35.

 

O secretário da Sepror, Petrucio Magalhães Júnior, confirmou que a feira seguirá de forma itinerante em diferentes bairros da cidade, a cada 15 dias. “Esta foi a primeira feira de 2020 e aconteceu pela primeira vez aqui neste local. Com sucesso, ela oferece além do peixe fresco, frutas e verduras para a população. Também ofertamos, por meio da Sejusc, a emissão de documentos, como RG e certidão de nascimento. Foi um momento todo especial para a população da zona norte”, ressaltou.  

 

Participando pela primeira vez do “Peixe no Prato”, a piscicultora Rosimeire Pedrosa, que trabalha há cinco anos com a criação de pescado na Chácara São Francisco, localizada na estrada de Balbina, disse que ficou feliz com todo o movimento.

 

“Essa ação do governo tem nos beneficiado bastante, assim como ajuda a população, pois o produto não passa pelo atravessador, assim os preços ficam mais baixos para o consumidor e todos nós ganhamos com isso”, destacou.

 

Para o secretário executivo da Sepa/Sepror, Leocy Cutrim, as ações demonstram que o órgão está saindo dos gabinetes para levar mais cidadania e qualidade de vida ao povo amazonense.

 

“É isso que a população quer. Não dá mais para a gente ficar distante do povo. Então, o Governo do Amazonas, através dessa ação, vem trazer o pescado, a verdura e a cidadania à população, que graças a Deus caiu nas graças do público”, comentou.

 

A próxima edição do “Peixe no Prato” já tem data definida e deve acontecer no dia 8 de fevereiro, no bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus. 

 

Cidadania – Durante a edição desta quarta-feira, a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), por meio do projeto “PAC em Movimento”, realizou a emissão de carteiras de identidade, 1ª e 2ª vias, e de 2ª via de certidões de nascimento. Ao todo, foram mais de mil emissões, entre atendimentos e cadastros.

 

“O documento básico dá acesso a inúmeros benefícios sociais, assim como a educação e saúde, por exemplo. Por meio de projetos como o ‘PAC em Movimento’, estamos aproximando da população a oferta de cidadania. A parceria entre secretarias, uma determinação do governador Wilson Lima, também é fundamental para o sucesso das ações”, destacou a secretária da Sejusc, Caroline Braz.

 

A emissão de documentos para pessoas cadastradas nesta quarta-feira (15/01) acontece até o próximo sábado (18/01), no mesmo local.

 

FOTOS: ADAF