Manaus, Domingo, 24 de Outubro de 2021

Servidores das Ulsavs de Itapiranga, Silves, Urucará e São Sebastião do Uatumã participam de treinamento

10:59 - 01/07/2021

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) dando continuidade à capacitação para a captura e o controle de morcegos hematófagos no Amazonas, realizou entre 14 e 18 de junho um treinamento para os servidores das Unidades Locais de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsavs) dos municípios de Urucará, Itapiranga, Silves e São Sebastião do Uatumã.

A ação coordenada pela (Ulsav-Itapiranga) contou com o apoio da Prefeitura Municipal e do Núcleo de Conservação e Sustentabilidade (NCS) da Fundação Amazônia Sustentável (FAS).

Ao todo, a equipe capturou 97 morcegos, sendo 91 hematófagos que foram tratados com pasta vampiricida, um insetívoro e outros cinco fugiram. Seis servidores participaram do treinamento.

No mesmo período da capacitação, a equipe da Adaf desenvolveu um trabalho de educação sanitária direcionada aos produtores rurais sobre a prevenção da raiva em herbívoros e reforçou para que a população de modo geral, caso identifique a existência de abrigo de morcegos e mordidas em animais de produção, notifique a agência. A palestra foi realizada na comunidade São Francisco do Caribi, no município de Itapiranga (distante a 227 quilômetros de Manaus.

Sobre os morcegos hematófagos- Os morcegos podem afetar animais domésticos, como cães e gatos, bem como herbívoros, que são bovinos, suínos, equinos e caprinos. A doença causa impacto econômico, afetando a saúde pública, uma vez que pode afetar tanto o homem como os animais mamíferos e silvestres. Quando se há evolução da doença, invariavelmente, é fatal nos animais acometidos.