Manaus, Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019

Sistema Sepror discute alternativas para melhoria da produção de queijo no Amazonas

14:35 - 24/04/2019

 

Na ocasião, o titular da Sepror, Petrucio Magalhães Júnior, assim como o diretor presidente da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), Alexandre Araújo, receberam das mãos do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas (Faea), Muni Lourenço, um documento com propostas para auxiliar na regularização da cadeia produtiva do leite e do queijo.

Entre as propostas apresentadas estão a implantação de um programa de sanidade do rebanho; implantação de linhas de crédito desburocratizadas; a priorização da regulamentação da Lei do Selo Arte no Amazonas; e a implementação de um trabalho de suporte aos produtores, visando a regularização de queijarias artesanais junto à Adaf.

Para Alexandre Araújo, as propostas apresentadas vêm ao encontro das metas do Sistema Sepror. “Somos parceiros dos produtores rurais, pois quanto mais empreendimentos regularizados tivermos, mais os mercados e feiras e toda a população amazonense poderão consumir artigos de qualidade e que atendam a legislação de inspeção de produtos de origem animal”, afirmou o dirigente da Adaf.

Petrucio Magalhães informou que o Sistema Sepror já desenvolve e oferece alguns serviços de capacitação e orientação aos produtores de queijo do Amazonas, e que ainda este ano o Projeto Rota do Queijo vai ser ampliado.

“Amanhã faremos uma reunião com todos os interessados e envolvidos para tratar da ampliação do projeto, com novas diretrizes e orçamentos, no sentido de ajudar esses produtores a aumentar suas vendas e a qualidade de seus produtos, mas dentro da lei de sanidade animal”, informou o titular da Sepror.

Diana Guedes, vereadora de Autazes, destacou o trabalho desenvolvido pelo projeto. “As ações do Rota do Queijo contribuem muito para aqueles produtores que realmente querem se legalizar. A equipe de profissionais da secretaria auxilia em todas as etapas do processo de regularização das queijarias”, afirmou ela.

Participaram do encontro também o deputado estadual Abdala Fraxe; o superintendente Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Amazonas (SFA-AM), Guilherme Pessoa; representantes da prefeitura de Autazes; e pecuaristas do segmento.

Rota do Queijo – Programa que visa oferecer orientação aos produtores rurais e empreendedores que queiram se regularizar no Serviço de Inspeção Estadual (SIE), no sentido de acabar com os estabelecimentos ilegais e abastecer o mercado local com produto de qualidade e certificado nas feiras e mercados. A ação é realizada pelo Sistema Sepror(Idam, Adaf e ADS), por meio da Sepror, com o apoio de prefeituras dos municípios.

“O trabalho consiste no acompanhamento de todas as fases do checklist dentro do processo de regularização, através de uma equipe técnica multidisplinar da Sepror, o que inclui orientação aos técnicos do próprio sistema, produtores e responsáveis técnicos”, destacou Petrucio Magalhães.