Manaus, Sábado, 21 de Setembro de 2019

Adaf participa do Seminário de Sensibilização sobre SISBI-POA no Mato Grosso

09:18 - 04/09/2019

No período de 2 a 6 de setembro, no auditório da Federação de Agricultura, Pecuária Mato Grosso do Sul (FAMASUL), em Campo Grande (MS), a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) participa do Seminário e Curso de Inspeção para adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI – POA), do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (SUASA), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O médico veterinário e coordenador de abatedouros com o Serviço de Inspeção Estadual (SIE), Carlos André Vasconcelos representa a autarquia durante o seminário.

No decorrer do primeiro dia do evento, os participantes entre eles: médicos veterinários que atuam no Serviço de Inspeção (SI) de Estados e Municípios receberam orientações detalhadas sobre os requisitos para adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA).

Além disso, o  curso de Atualização em Inspeção Higiênico-Sanitária e Tecnológica de carnes teve como proposta a atualização dos técnicos quanto aos procedimentos de inspeção das principais espécie de abate (aves, bovinos e suínos), além da verificação oficial dos programas de autocontrole, tais como: Boas Práticas de Fabricação (BPF), Procedimentos Padrão de Higiene Operacional (PPHO) e o Sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC), visando à equivalência no âmbito do SISBI-POA.

“O Amazonas, por meio da Adaf, vem executando ações que buscam a equivalência do Serviço de Inspeção Estadual (SIE/AM) junto ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA) para garantir a comercialização dos produtos produzidos no Estado, em todo o País’, destacou Carlos André Vasconcelos, médico veterinário e coordenador de abatedouros com o Serviço de Inspeção Estadual (SIE) da Adaf.

Sobre o SISBI- O Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI – POA), que faz integra o Sistema Unificado de Atenção a Sanidade Agropecuária (SUASA), uniformiza e harmoniza os métodos de inspeção de produtos de origem animal para garantir a inocuidade e a segurança alimentar.

Os estados, o Distrito Federal e os municípios podem solicitar a equivalência dos seus serviços de inspeção com o Serviço Coordenador do SISBI. Para obtê-la, é necessário comprovar que têm condições de avaliar a qualidade e a inocuidade dos produtos de origem animal com a mesma eficiência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Os estabelecimentos registrados nesses serviços estaduais e municipais que integrem o SISBI podem comercializar seus produtos em todo o território nacional, nas mesmas condições de estabelecimentos registrados no Serviço de Inspeção Federal (SIF), com exceção de exportação. Para reconhecimento da equivalência e adesão ao SISBI, os serviços estaduais e municipais devem comprovar que têm condições de avaliar a qualidade e a inocuidade dos produtos de origem animal com a mesma eficiência do Mapa.

 

 

 

 

Informações e Fotos: Adaf e FAMASUL