Programa de Sanidade Suídea – PNSS

O Programa Nacional de Sanidade de Suínos é uma iniciativa governamental destinada a monitorar, prevenir e controlar doenças que afetam os suínos em um país. Esses programas são essenciais para garantir a saúde dos animais, proteger a indústria suinícola e salvaguardar a saúde pública, já que algumas doenças animais podem ter impacto na saúde humana.

Esses programas geralmente incluem uma série de medidas, tais como:

  1. Vigilância Epidemiológica: Monitoramento constante das condições de saúde dos suínos, identificando precocemente a presença de doenças.
  2. Controle de Movimentação de Animais: Regulamentação e monitoramento dos movimentos de suínos entre diferentes fazendas e regiões para prevenir a disseminação de doenças.
  3. Vacinação e Tratamento: Implementação de programas de vacinação e tratamento para prevenir e controlar doenças específicas.
  4. Normas de Biossegurança: Estabelecimento de diretrizes para práticas de biossegurança nas instalações de criação de suínos, visando reduzir o risco de entrada e disseminação de doenças.
  5. Educação e Treinamento: Capacitação de produtores, veterinários e outros profissionais envolvidos na indústria suinícola sobre práticas de manejo adequadas e identificação de sintomas de doenças.
  6. Monitoramento de Doenças Zoonóticas: Acompanhamento de doenças que podem ser transmitidas dos suínos para os seres humanos, garantindo medidas de prevenção adequadas.

A implementação eficaz dessas medidas requer colaboração entre o governo, produtores, veterinários e outros stakeholders da indústria suinícola. O objetivo final é garantir a saúde e o bem-estar dos animais, a segurança dos produtos suínos e a proteção da saúde pública.

As principais doenças alvo do PNSS são a Peste Suína Clássica, Peste Suína Africana, Doença de Aujeszky e Doença Reprodutiva e Respiratória de Suínos.

Com o objetivo de mitigar os casos e estabelecer estratégias para controle de doenças de notificação de suínos, foi instituído o Plano Integrado para a PSC, PSA e PRRS.

Atualmente, o Brasil apresenta a seguinte apresentação para Zonas Livres de Peste Suína Clássica


  • Coordenação:

Gisele Torres Clímaco de Araújo – Coordenadora Médica Veterinária – CRMV/AM 00481

pnss@adaf.am.gov.br


Legislação

Instrução Normativa nº 06, de 09 de março de 2004 – Aprova as normas para erradicação da PSC em todo o território nacional;

Instrução Normativa nº 47, de 18 de junho de 2004 – Aprova o Regulamento Técnico do PNSS;

Instrução Normativa nº 08, de 03 de abril de 2007 – Aprova as normas para o controle e a erradicação da Doença de Aujesky em suídeos domésticos a serem observadas em todo o território nacional;